Início > UFRJ > Esse é o futuro do Brasil?

Esse é o futuro do Brasil?

Na última sexta feira – 20/05/2011 – um acidente na Linha Vermelha causou mais um nó fenomenal no trânsito do Rio de Janeiro. O engarrafamento foi tanto, que mais uma vez a Ilha do Fundão (UFRJ) ficou toda parada… inclusive era problemático sair pela Linha Amarela, pois o engarrafamento se estendeu por dentro do campus.

Mas esse post não é sobre o trânsito do Rio, nem os problemas dele. É sobre o Brasil, lembram?

Então, gostaria que todos olhassem as duas figuras abaixo e notassem as diferenças (além do fato de uma ser de dia e outro de noite):

Figura 1: Hoje (22/05/2011) de manhã

Figura 2: Sexta feira (20/05/2011) a noite.

As duas imagens foram pegas do site do CET-Fundão.

Como podem ver o engarrafamento realmente estava realmente feio, mas o que mais me chama atenção é: Na fig 1, vejo um canteiro ao lado da pista. Na fig 2, a única coisa que vejo são filhos da puta babacas escrotos pessoas sem consideração com os outros cidadãos.

Qual lógica de raciocínio que leva a essas pessoas a acharem que elas tem mais direito quanto aos outros? Que levam elas a achar que elas não podem ficar presas no engarrafamento, enquanto o resto que se exploda? Que levam elas a acharem que elas podem simplesmente sair passando por cima do canteiro (e que também serve para pessoas passarem)? Ou seja… o que leva essas pessoas a acharem que elas podem ser um grande atraso para a sociedade?

Claro que vejo outras coisas que estão faltando, como por exemplo:

  • Falta de um agente da CET-Rio para organizar o trânsito no local.
  • Falta de um guarda municipal para multar quem passa sobre o canteiro.
  • Falta da presença da PM para não deixar as pessoas passarem de carro sobre o canteiro. (Aliás, a falta de polícia no campus é outro problema constante.)

Mas enquanto estávamos no laboratório, terminando mais um dia de trabalho (e xingando todos essas pessoas que se sentem no direito se “passar na frente” dos outros), meu amigo Cabessa, fez um comentário super pertinente… e isso que motivou (ainda mais) este post sobre o futuro do Brasil.

Essas pessoas que estão promovendo essa desordem pública, são em maioria: ESTUDANTES OU PROFESSORES DA UFRJ. Exatamente, são pessoas que TEM um nível de escolaridade elevado, pois estão cursando ou ensinando em nível superior, em uma das mais respeitadas IES do país. São pessoas – professores – que estão ensinando o futuro do nosso país, ou – estudantes – que serão o futuro de nosso país. São pessoas que recebem salário e bolsas de estudo pagos com dinheiro público!!!

Isso me revolta profundamente… e me deixa triste, e preocupado, ao pensar que é esse tipo de gente que está construindo ou será o futuro do Brasil.

Sabemos que o poder público no Brasil ainda deixa muito a desejar… infelizmente, a população também.

  1. maio 22, 2011 às 11:25 pm

    Eu concordo plenamente com você. Há um tempo atrás, parei o carro num cruzamento na ilha do fundão que, na verdade, não era necessário parar pois a preferência era da via em que eu estava. Calro, parei porque não notei isso. O cara de trás deu ré, me cortou, e xingou tudo o que ele lembrou na hora. Estes dias, vi este camarada entrando num dos prédios do CT, com pastinha na mão, pinta de professor. Lamentável.

  2. João
    maio 25, 2011 às 11:14 pm

    É, la crème de la crème da sociedade carioca. Pessoal letrado, das altas ciências, mas sempre pode fazer uma merda :)

    Por essas e outras que eu não tenho muita fé nesse país. O camarada que tira (ou tenta tirar) vantagem no trânsito vai negar até a morte, mas certamente tira (ou tenta tirar) vantagem em tudo mais. Um esqueminha com uma verba aqui, usar os recursos do laboratório indevidamente ali, e por aí vai. Depois o grande problema são os políticos – ô raça! – que só sabem roubar. Como se o resto do povo não fosse igual, só que sem alcançar somas tão volumosas. Tirar vantagem dos outros parece que faz parte da cultura brasileira. Isso me lembra o CQC: http://www.youtube.com/watch?v=xM7fs_J9J2g

    Claro que há pessoas sérias, honestas e idôneas, mas enquanto essas não forem uma *grande maioria*, não adianta, são esses que vão ficar de “otários”…

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: